12 de junho de 2017 Marketing BRQ

Come as You are – Lucio de Oliveira Barbosa

Confira a entrevista com o profissional Lucio de Oliveira Barbosa do Rio de Janeiro que é ciclista.

DCIM140GOPRO

:: O que você faz e há quanto tempo está na BRQ?

Estou na BRQ há 6 meses e sou Analista Sênior de Business Intelligence no RJ.

:: Como o ciclismo surgiu na sua vida?

Tudo começou quando eu tinha 11 anos, praticando freestyle. No início era apenas uma forma de passar o tempo, incentivado pela garotada da minha idade que também curtia a atividade. Com o tempo, fui “migrando” de bicicleta, até chegar no mountain bike. Nessa época eu já tinha uns 16 anos.

A prática do ciclismo não era focada em competição, apenas uma diversão. Após os 18 anos, fiquei alguns anos sem praticar, retornando em 2007 e levando o esporte mais a sério. Neste período, busquei ajuda de um profissional da área de Educação Física, o que me fez diminuir 22kg!!! Desde então, adotei a prática do ciclismo de estrada como
parte integrante de minha vida, acordando cedo e treinando de forma exaustiva.

:: Qual sua rotina de treinos e onde você costuma praticar?

Minha rotina semanal está na faixa de 4 a 6 dias de treinos, em média 1h40 por dia no período da manhã. Os treinos de ciclismo são efetuados na rua mesmo, porém em grupo. Faço na região da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Serra da Grota Funda (ligação Recreio x Barra de Guaratiba). Faço também treinos funcionais na praia 2 ou 3 vezes na semana.

:: Você participa de campeonatos em sua cidade?

Já participei de algumas provas no RJ e também fora do estado, porém não tenho mais participado de eventos esportivos, até mesmo por conta da falta de competições no estado.

:: Qual conselho você daria a quem quer iniciar a atividade?

Ande de bicicleta pelo simples fato de gostar de pedalar, não apenas por utilizar a bicicleta para trabalho, deslocamentos diversos ou manter a boa forma. Compre uma bicicleta e equipamentos dentro das suas condições financeiras. O ciclismo é um esporte muito caro e pode te levar a falência (risos). Tenha sempre em mente que a segurança vem em primeiro lugar e por isso, não deixe o capacete de lado.

O ciclismo é um dos esportes mais perigosos que existe. Se possível, procure grupos, isto dará mais segurança e incentivo para a prática do esporte.

:: Qual o momento mais marcante que foi proporcionado pelo ciclismo?

Não tenho um momento em especial, todos têm seu valor e sensações diferentes. Poder ir de um ponto a outro, vencer uma subida, uma quilometragem, todos esses momentos são lembrados com louvor.

:: Tem um grupo que pratica com você?

Tenho amigos em vários grupos e tento sempre que possível estar presente em todos, mas possuo um grupo de amigos em específico em que temos uniforme e um grupo em rede social para pedalarmos juntos.

:: Além de ser um exercício físico, quais outros benefícios o ciclismo traz para sua vida?

O ciclismo proporciona um senso de liberdade aliado à responsabilidade que apenas quem pratica o esporte entende. Da mesma forma que existe a liberdade em estar pedalando e seguindo determinado rumo, existe o senso da insegurança ao redor. Todos devem ter em mente que é um esporte perigoso e que pode gerar um risco a integridade física de quem o pratica.

:: Você acha que o ciclismo tem reconhecimento em termos nacionais?

Não. Hoje não temos um incentivo do estado para a mobilidade urbana por meio da bicicleta.
Poucos são aqueles que tentam algo. Um vizinho próximo, a Colômbia, possui um trabalho relacionado a utilização da bicicleta como meio de transporte que deveria ser exemplo para toda a América do Sul.

:: Você pôde acompanhar alguma prova de ciclismo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro?

Sim. Acompanhei a prova masculina do ciclismo de estrada, fiquei posicionado na Estrada das Canoas, onde pude ver de perto os grandes astros do esporte mundial. Depois acompanhei o Contra-Relógio Individual, ficando posicionado na subida Prainha (Recreio dos Bandeirantes), e nas Paraolimpíadas, fui ao velódromo acompanhar os Paraolímpicos.

:: Se você pudesse ter um encontro com o Lucio de 10 anos atrás, o que você diria a ele?

Faça exatamente o que está pretendendo, mas gaste menos dinheiro (risos).

Etiquetado como: ,

Entre em contato conosco!

Conheça todas as nossas unidades!