27 de janeiro de 2014 walacy

BRQ faz aporte na cearense WTI e prevê mais aquisições

Valor Econômico Online – 27/01/14

A BRQ, empresa brasileira de serviços de tecnologia da informação (TI), comprou uma participação minoritária na WTI, companhia com sede em Fortaleza que faz softwares de gerenciamento e monitoramento de sistemas e equipamentos de TI. As companhias não informaram o valor do aporte, nem a participação adquirida.

Em entrevista ao Valor, Benjamin Ribeiro Quadros, fundador e presidente da BRQ, disse apenas que foi uma participação “minoritária relevante”. “A tese não é absorver a companhia, mas sim fazer um investimento de risco e deixá-la caminhar com as próprias pernas”, disse o executivo. Com a operação, a BRQ ganhou um assento no conselho da WTI.

As duas companhias já trabalham juntas há alguns anos. A BRQ usa sistemas da WTI em alguns dos seus clientes. A ideia agora é ampliar esse uso e acelerar o desenvolvimento de novas ferramentas. “O uso de software é vital para ter uma oferta competitiva de serviços de TI porque automatiza muitas tarefas”, disse Alexandre Camilo Perez, diretor de marketing da BRQ.

De acordo com Quadros, até o fim do ano a BRQ pretende fechar pelo menos mais duas aquisições. O objetivo, segundo Perez, é incorporar consultorias com especialização em diferentes setores, especialmente os de finanças, energia e telecomunicações. A ideia é aumentar a especialização da BRQ nessas áreas. A estratégia de verticalização pode ajudar a companhia a aumentar suas receitas por meio da venda de mais opções de produtos às companhias desses segmentos.

Com receita de R$ 480 milhões em 2013, a BRQ tem planos de fazer sua listagem no Bovespa Mais – o segmento de acesso à bolsa paulista – no meio do ano. O processo deveria ter acontecido no ano passado, mas foi adiado por conta das condições de mercado.

O negócio fechado com a WTI é o primeiro em que a BRQ compra apenas uma participação minoritária. Até hoje, a companhia tinha feito somente acordos em que assumia o controle de outras empresas – inclusive o de uma companhia nos Estados Unidos, uma estratégia pouco comum entre empresas de tecnologia brasileiras.

Segundo Quadros, a avaliação sobre a WTI é que a companhia pode ter um crescimento acelerado nos próximos anos, com vendas inclusive para concorrentes da BRQ, o que pode lhe garantir um bom retorno sobre o investimento feito. “Existe potencial para ter uma companhia nacional forte na oferta de sistemas de monitoramento”, disse o executivo.

Apesar da experiência com a WTI, a Quadros disse que a BRQ não tem planos de seguir os passos da Totvs e criar uma divisão específica para fazer investimentos de risco. No ano passado, a companhia de sistemas de gestão criou a Totvs Ventures, para aplicar recursos em companhias nascentes que desenvolvem tecnologias inovadoras. “Trata-se de uma operação pontual. Não é um movimento estratégico”, disse.

Criada em 2006, a WTI tem 25 funcionários e atende 80 clientes. Até o começo do ano passado, a companhia se chamava Exact Tecnologia. O nome foi alterado para facilitar o processo de crescimento da companhia, que pretende expandir sua atuação para a região Sudeste e também para fora do Brasil.

Hoje a WTI está muito centrada nos Estados da Bahia, Ceará e Pernambuco. “O nome gerava muitas dúvidas quanto à pronúncia” disse Márcia Rats, diretora de negócios da WTI. Até agora, a estratégia de expansão tem sido financiada com um aporte de R$ 1,5 milhão recebido do fundo Criatec, financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Segundo Márcia, nos últimos anos a WTI vem crescendo a uma média de 30% ao ano. Para 2014, com a estratégia de expansão geográfica, a expectativa é dobrar de tamanho. De acordo com a executiva, o alvo são principalmente médias empresas, que não têm orçamentos para comprar sistemas de companhias internacionais como CA e HP. “Eventualmente podemos chegar a grandes empresas também. Mas esse não é o foco agora”, disse.

Etiquetado como:

Autor do Post

walacy Publicitário, Profissional de Marketing especialista em Digital. Formações em Design Gráfico e em Artes Gráficas. Trabalha aliando design para web com o tripé do marketing digital (SEO, SEM e Inboud Marketing).

Entre em contato conosco!

Conheça todas as nossas unidades!