6 de abril de 2016 Marketing BRQ

BRQ é a 12ª empresa a entrar no BovespaMais; conheça este segmento da Bolsa

Na última terça-feira (5), a BRQ Soluções em Informática entrou para o Bovespa Mais, um dos segmentos de acesso da BM&FBovespa e que tem ganhado força nos últimos anos. O plano da empresa é realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em três anos, com o prazo a depender de janela de oportunidade. Com apenas 12 companhias, este segmento da Bolsa não é tão conhecido do investidor, já que apenas duas empresas possuem ações listadas.

O Bovespa Mais é um segmento de listagem voltado para empresas que querem ingressar na bolsa de maneira gradativa, para ir ganhando visibilidade dos investidores aos poucos, procurando a melhor oportunidade para lançar ações. Embora não haja restrições ao porte das empresas que podem participar, em geral o segmento é buscado por companhias pequenas e médias.

Este segmento têm algumas exigências de governança que oferecem certa segurança ao investidor, sendo algumas semelhantes às do Novo Mercado, como emitir para negociação apenas ações ordinárias (com direito a voto); direito a “tag along” (em caso de venda do controle, todos os titulares de ações ordinárias têm direito de vendê-las nas mesmas condições obtidas pelo controlador); em caso de fechamento de capital ou deslistagem, a oferta pública de aquisição das ações em circulação deve ser feita, no mínimo, por seu valor econômico; e adesão à Câmara de Arbitragem do Mercado para a solução de problemas societários.

Por outro lado, algumas regras são mais flexíveis. Por exemplo, as empresas têm até sete anos para atingir o free float mínimo de 25%, o que significa que um quarto de suas ações precisará estar em circulação no mercado. Também existe a opção de, a partir do sétimo ano de listagem, a empresa manter uma média de, no mínimo, dez negócios por mês e presença em 25% dos pregões ao final de cada exercício.

Outra exigência flexibilizada para o Bovespa Mais é a composição do Conselho de Administração. Enquanto que para as empresas do Novo Mercado ele deve ser composto por cinco membros, sendo 20% deles independentes (não ligados à companhia), no Bovespa Mais só são necessários três conselheiros, e não há exigência de membros independentes.

Fonte: Uol Economia.

Etiquetado como: ,

Entre em contato conosco!

Conheça todas as nossas unidades!