2 de outubro de 2015 walacy

Brasil leva 20 empresas de software e TI para o Gartner Symposium/ITXPO

Pelo 12° ano consecutivo o Brasil estará presente com um pavilhão próprio no Gartner Symposium/ITXPO, considerado o maior e o mais importante encontro anual de chief information officers (CIOs) e de líderes da indústria de TI no mercado norte-americano. De 4 a 8 de outubro, em Orlando, na Flórida, 20 empresas brasileiras participarão desta importante vitrine de TI. Mais de 8.500 CIOs e executivos de TI estarão reunidos neste encontro buscando os insights, as ferramentas e as soluções que necessitam para validar suas estratégias de TI e, assim, garantir o sucesso de suas organizações.

A ação integra o projeto de promoção de exportações do setor de software e serviços de TI, desenvolvido em parceria pela Softex com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Contando atualmente com mais de 160 companhias associadas, seu objetivo é fomentar novas oportunidades de negócios no mercado internacional e fortalecer a imagem de competência da indústria nacional de software e serviços de TI, identificada no exterior pela marca Brasil IT+.

O portfolio que o Brasil levará para a mostra é bastante aderente ao tema central do evento – “À Altura do Desafio” (Rise to the Challenge) – contemplando desde aplicações de segurança, mobilidade, colaboração, design thinking, big data analytics e dashboards, recursos humanos, telecomunicações, Business Process Management (BPM) e gerenciamento de identidades até serviços de outsourcing.
Integram o Pavilhão Brasil IT+ no Gartner Symposium/ITXPO 2015 as empresas Actminds, Apdata, Aurus Software, Ícaro Technologies, Ilegra, MC1, Navita, Resource IT,Siena Idea, Sikur, Stefanini e TokenLab. A Prime Systems está presente pela primeira vez ao evento com um estande no espaço dedicado às Tecnologias Emergentes.

“Maior mercado consumidor de TI do mundo, os Estados Unidos continuam a ser um país estratégico para as companhias brasileiras. Doze das empresas expositoras integrantes de nossa delegação já atuam no mercado mundial e 11 delas já possuem escritórios em território-norte americano. O Gartner Symposium/ITXPO não é um evento de negócios, mas uma oportunidade única para apresentarmos ao mercado norte-americano o nosso capital tecnológico inovador e para contatarmos formadores de opinião com poder de influência em nas decisões de compra de organizações com as mais variadas necessidades em todo o mundo”, analisa Guilherme Amorim, gestor do Projeto Setorial Softex.

Além do estande coletivo, o Brasil IT+ patrocinará três apresentações como parte da grade de sessões do simpósio. Neles, serão apresentados o caso de sucesso da Nokia, com participação da Resource IT; analisada a questão da segurança versus a conveniência com executivos do Sikur e lançada pela Navita uma ferramenta integrada para gerenciar as despesas de telecomunicações e dispositivos móveis (MDM).

“É cada vez maior o número de empresas brasileiras que têm nos Estados Unidos o seu principal mercado-alvo no exterior. Este ano, além das empresas expositoras, estamos recebendo sete companhias interessadas em prospectar o mercado americano: BRQ, Dextra, E-trust, Fiberwork, Poatek, Priori e Unirede. Para melhor apoiá-las nesse desafio, estruturamos uma série de reuniões com especialistas abordando desde como estabelecer parcerias locais, passando pelo processo de follow-up de oportunidades, comercialização de soluções e serviços, como a Softex pode apoiar as companhias interessadas em atuar nesse mercado tão promissor e competitivo e dicas sobre como melhor aproveitar o rico ambiente de relacionamento oferecido pelo Gartner”, complementa Fernando Cariello, consultor da entidade e responsável pela participação do país no evento.

Brasil: Um País que conta com a TIC para crescer

A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) vem contribuindo de forma determinante para o aumento da competitividade do Brasil, que deseja se posicionar, na próxima década, entre os cinco principais centros de TI do planeta. A Indústria Brasileira de Software e Serviços de TI (IBSS) é uma das prioridades da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE) do Governo Federal. Trata-se de um mercado que movimenta internamente cerca de US$ 30 bilhões por ano, número que o transforma no oitavo maior do mundo.

Durante os últimos vinte anos, a IBSS vem crescendo a taxas elevadas, superiores às do PIB nacional. Trata-se de uma indústria altamente diversificada, com produtos, soluções e serviços maduros e de alta complexidade, testados e aprovados pelo mercado e direcionados para os mais variados setores e segmentos econômicos, entre os quais finanças, telecomunicações, gestão empresarial, saúde, educação, entretenimento e agronegócios. O setor software gera recursos da ordem de US 5,07 bilhões, o equivalente a 1,68% do mercado mundial. Já o de serviços é estimado em cerca de US$ 9,95 bilhões, ou 1,72% do mercado.

Segundo projeções do estudo “Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva”, elaborado pela área de inteligência da Softex, o país possui mais de 81 mil empresas e emprega mais de 643 mil pessoas, entre sócios e assalariados *.

Fonte: E-Commerce News.

Autor do Post

walacy Publicitário, Profissional de Marketing especialista em Digital. Formações em Design Gráfico e em Artes Gráficas. Trabalha aliando design para web com o tripé do marketing digital (SEO, SEM e Inboud Marketing).

Entre em contato conosco!

Conheça todas as nossas unidades!